Seja bem-vindo! PRESTIGIE NOSSOS ANUNCIANTES. CONHEÇA OS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS!

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Como as bactérias do intestino podem fazer você engordar ou ajudar a perder peso


Como as bactérias do intestino podem fazer você engordar ou ajudar a perder peso



Além de ajudarem na digestão dos alimentos, as bactérias presentes em nosso intestino protegem o corpo contra os organismos invasores, colaboram com o sistema imunológico, criam e sintetizam vitaminas e até mesmo influenciam nosso humor e temperamento.
O velho ditado, “Você é o que você come!” tomou um novo significado conforme os cientistas aprendem mais sobre como a dieta influencia estes micróbios e bactérias do intestino. De acordo com novos estudos, as bactérias exercem um papel no metabolismo e no ganho e perda de peso.

As bactérias que engordam e emagrecem

Muitas vezes ouvimos os termos “bactérias boas” e “bactérias más”, mas o equilíbrio bacteriano no nosso intestino não é tão simples. É um sistema extremamente complexo que é único para cada indivíduo. O corpo humano acolhe algo entre 300-1000 espécies diferentes de bactérias.
Os cientistas estão aprendendo cada vez mais que algumas espécies de bactéria exercem diferentes influências no metabolismo e que a composição bacteriana difere de uma pessoa magra para alguém obeso.
Por exemplo, um estudo recente mostrou que a Enterobacter, uma bactéria encontrada no intestino humano, pode influenciar no ganho de peso.
Em um voluntário que tinha peso inicial de 175 quilos, a Enterobacter constituía 35% da bactéria intestinal. Depois de 23 semanas consumindo uma dieta rica em grãos integrais, alimentos medicinais chineses e prebióticos, o voluntário perdeu 53 quilos e todos os vestígios de Enterobacter desapareceram. A conclusão foi de que esta bactéria cria inflamação, que provoca resistência à insulina, resultando em ganho de peso.
Outro estudo recente mostrou uma correlação direta entre um nível alto ou baixo de bactéria no intestino e o peso das pessoas. Um nível elevado de bactéria e um nível elevado de diversidade foram ligados a pessoas com peso saudável, enquanto que os indivíduos com excesso de peso apresentaram uma correlação com um número muito menor de bactérias no intestino.
                                              


Prebióticos e Probióticos

Comer uma dieta rica em prebióticos, como vegetais crus e frutas é uma ótima maneira de fornecer bactérias saudáveis para o nosso intestino.
Os probióticos também são altamente benéficos. Alimentos fermentados, alho, picles, iogurte, vinagre de maçã são alguns exemplos de alimentos probióticos que aumentam o número de bactérias saudáveis no intestino.
Mas lembre-se, ao passo que os probióticos são úteis, os maiores benefícios são adquiridos por meio dos prebióticos. Para perder peso, comer uma dieta saudável composta de 80% (ou mais) de vegetais crus e frutas é um bom caminho.

Hora da mudança

Nós podemos aumentar a quantidade de bactérias em nosso corpo e alterar seu equilíbrio pelos alimentos que escolhemos para comer e os alimentos que escolhemos para evitar. Manter a boa saúde do intestino é uma das coisas mais importantes que qualquer um pode fazer para saúde geral.
As pesquisas continuam a revelar que a diversidade de bactérias do intestino é essencial para uma boa saúde e é um fator de controle de peso. Até que se chegue a uma resposta conclusiva, nossas escolhas de dieta podem e vão alterar este equilíbrio interno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário