Seja bem-vindo! PRESTIGIE NOSSOS ANUNCIANTES. CONHEÇA OS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS!

quarta-feira, 11 de março de 2015

A mão direita é um indicador fundamental da personalidade, agressividade e doenças sofridas por você.




dedos das maos e caracteristicas psicologicas
Clínica de Massagem Terapêutica e Desportiva em São José (SC) - "Mãos que curam"

A ideia de que o formato de suas mãos indica algo profundo sobre suas inclinações pessoais, os filmes que você gosta, a sua capacidade atlética e o tamanho da sua orelha parece bizarra. Mesmo assim, por muitas décadas, os cientistas têm observado uma ligação extraordinária entre a relação de dois dedos na mão – o anelar e o dedo indicador, conhecidos no jargão dos cientistas como 2D e 4D – e toda uma série de características aparentemente não relacionadas.

Essa “relação digital”, especialmente quando aplicada na mão direita, é um indicador fundamental da personalidade, agressividade e doenças sofridas pelos homens.

Há evidências de uma ligação entre a relação “2D:4D” e a probabilidade de um homem desenvolver câncer de próstata, por exemplo. Especificamente, homens cujos dedos indicadores são mais longos do que os seus dedos anelares são significativamente menos propensos a desenvolver a doença, de acordo com cientistas do Instituto de Pesquisa do Câncer, na Inglaterra. Um longo dedo indicador também se correlaciona fortemente com um menor risco de doença cardíaca precoce e, nas mulheres, um maior risco de câncer de mama e maior fertilidade.

Mas observar a razão entre seus dedos não é simplesmente uma questão de olhar para sua mão e comparar a posição das pontas. É necessário medir a distância entre o ponto médio da menor dobra na base do dedo, na parte da palma, até o fim da ponta carnuda.

Enquanto um longo dedo indicador é considerado mais feminino – homens que os têm são mais propensos a ser homossexuais -, um dedo indicador curto em relação ao dedo anelar indica uma mão mais masculina. Isso se correlaciona com a fertilidade e maior contagem de espermatozoides masculinos, maiores níveis de agressão e aumento da aptidão para o esporte e música.

O extraordinário é que estas afirmações são baseadas em evidências científicas sérias. Há muito tempo, mais ou menos no final do século 18, as pessoas notaram que uma maior proporção de homens têm dedos indicadores mais curtos do que as mulheres. Mas somente a partir da década de 1980 que os cientistas começaram a se perguntar se a relação entre os dedos poderia estar ligada a mais do que simplesmente ser do sexo masculino ou feminino.

O que se descobriu foi que mais de 100 traços psicológicos e propensões para várias doenças são ligados a essa relação. E não só isso. Estudos mostram que homens com dedos anelares maiores são mais atraentes. Da mesma forma, aqueles com uma razão menor, tendo o dedo anelar maior que o indicador, tendem a ter orelhas maiores.

Mas o que isso significa? Pode o comprimento dos dedos realmente determinar o seu comportamento, características do seu corpo e a vulnerabilidade a determinadas doenças? A verdade é que não são os dedos por si só que fazem alguma diferença nestes efeitos profundos e dramáticos.

De acordo com o biólogo do desenvolvimento Dr John Manning, que analisa a razão entre os dedos há mais de 20 anos, esta sutil diferença no comprimento dos dedos está ligada a exposição a hormônios sexuais dentro do útero quando somos ainda pequenos fetos, especialmente a testosterona, o nomeado “hormônio masculino”.

Simplificando, mais testosterona é igual a uma maior chance de ter uma mão mais “masculina”, isto é, com um dedo indicador relativamente curto. E é essa exposição à testosterona no útero que tem efeitos muito profundos sobre o nosso comportamento e suscetibilidade a doenças.
Estudos descobriram que os fetos que tiveram uma elevada exposição à testosterona – e têm dedos indicadores curtos – tendem a ser associados com uma personalidade extrovertida, uma disposição para assumir riscos, maiores níveis de agressão, músculos mais fortes e, curiosamente – uma vez que a capacidade musical não é comumente identificada como particularmente “masculina”), uma probabilidade muito maior de tocar um instrumento bem.

É claro que não há uma regra, mas as pessoas de ambos os sexos com dedos indicadores relativamente curtos tendem a ser mais sexualmente aventureiras, mais propensas a experimentar drogas, a gostar de assistir filmes violentos e se tornam dependentes de álcool com mais facilidade.
Pessoas com dedos indicadores curtos também são melhores soldados, engenheiros, especuladores e jogadores de xadrez, e são melhores em resolver problemas, tais como palavras cruzadas. Eles também são mais propensos a ser canhotos.

O mistério é por que essa relação entre os níveis de testosterona no útero e o comprimento dos dedos evoluiu.

O que o professor Manning e outros têm notado é que pode haver um elemento de “seleção sexual” acontecendo com as mãos também. As mulheres muitas vezes comentam sobre mãos “masculinas” e Manning especula que essa pode ser uma avaliação subconsciente da relação entre os dedos.

Pode ser, segundo Manning, que um longo dedo indicador em homens evoluiu por razões puramente funcionais. Muitos antropólogos evolutivos têm especulado que, junto com a nossa capacidade de manipular o fogo, uma das principais razões por que os seres humanos tornaram-se tão bem sucedidos foi a nossa capacidade de projetar nossa força a partir de uma distância usando armas como a lança, o estilingue e o arco-e-flecha.

Os cientistas descobriram que um anelar mais longo pode ajudar a aumentar a precisão ao atirar objetos. E os homens que podiam atirar de longe mataram mais animais, comeram melhor e, portanto, eram melhores parceiros, garantindo que a ligação entre o dedo anelar longo e a masculinidade fosse repassada.



Clínica de Massagem Terapêutica e Desportiva
Rua Arnaldo Bonchewitz, 29 - centro - São José (SC)

https://www.facebook.com/clinicademassoterapiamaosquecuram






Vico Lamanna, massagista e terapeuta, profissional experiente e qualificado. Tratamento de dores: nervo ciático, lombares, torcicolo, musculares, pescoço. ombros e outros transtornos e outros desconfortos físicos.


Clínica de Massagem Terapêutica e Desportiva em São José (SC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário