Seja bem-vindo! PRESTIGIE NOSSOS ANUNCIANTES. CONHEÇA OS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS!

quinta-feira, 21 de maio de 2015

9 sinais de desequilíbrio hormonal (com receita de suco para equilibrar os hormônios)


                                           

                                                             

Os hormônios desempenham um papel importante em praticamente todos os órgãos do corpo.

Eles são mensageiros químicos minúsculos e se movem rapidamente em nossa corrente sanguínea, ajudando os órgãos e tecidos do corpo a cumprir suas funções.

Eles afetam nossa vida de várias maneiras, tais como:

- nosso crescimento e desenvolvimento

- nosso desejo sexual

- nosso raciocínio humor

- nossa temperatura corporal

- nossa forma de metabolizar comida

Portanto,  o equilíbrio dos hormônios é essencial para a saúde do corpo.

Infelizmente, eles entram facilmente em desequilíbrio.

Para ajudar, vamos agora mostrar nove sinais que servem de alerta para um possível desequilíbrio hormonal.

Se você tiver um ou vários deles, é bom procurar seu médico para um diagnóstico completo.

Estes são os nove sinais de que seu corpo pode estar em desequilíbrio hormonal:

1. ganho de peso constante

Se você está ganhando peso, não significa necessariamente que sua dieta esteja errada, pois os quilos a mais podem ser um dos sinais de que você tem um desequilíbrio hormonal.

O "hormônio do estresse", o cortisol, é secretado pelas glândulas suprarrenais.

Quando aumenta a produção desse hormônio, seja por estresse ou por alguma outra causa, pode ocorrer ganho de peso.

A produção maior de cortisol estimula um aumento na quantidade de insulina liberada em sua corrente sanguínea.

Isso pode afetar os seus níveis de açúcar no sangue, o que muitas vezes resulta em aumento de apetite.

Foi descoberto que um aumento nos níveis de cortisol pode levar a um acúmulo de "gordura tóxica" na área abdominal.

Isso aumenta o risco de doenças cardiovasculares e de acidente vascular cerebral.




2. A queda de cabelo.

Antigamente, acreditava-se que a principal causa de perda de cabelo era a falta de testosterona.

No entanto, agora sabemos que o principal culpado é a dihidrotestosterona, ou DHT.

Um homem saudável produz uma quantidade pequena de DHT, mas este hormônio não deve estar presente no corpo de uma mulher saudável.

Por isso, mesmo um nível muito reduzido de DHT nas mulheres é o suficiente para causar a perda de cabelo nelas.

A queda de cabelo também ocorre nos homens quando aumenta a produção de DHT neles.

3. Excesso de suor

Esta é outra indicação de desequilíbrio hormonal.

As mulheres, durante a menopausa, muitas vezes experimentam ondas de calor, uma indicação de alteração hormonal.

Os suores noturnos, com este nome por ocorrerem no período da noite, também são comuns nas pessoas com desequilíbrios hormonais.

Estes suores noturnos, em mulheres e em homens, podem ser resultado de problemas no sistema endócrino, interferindo na produção de hormônios como a serotonina.

4. Sensação de fadiga

A fadiga é outro dos sinais de que você tem um desequilíbrio hormonal, especialmente se você tem um sono de qualidade, mas mesmo assim, ao cordar, sente-se cansado(a).

Isso pode ter mais uma vez relação com o "hormônio do estresse".

O cortisol leva a um constante estado de prontidão, de luta ou de fuga, que ocorre muitas vezes em situações de estresse.

Se o estresse está presente com muita frequência, pode causar a sensação de fadiga.

Nos casos de estresse crônico, as pessoas muitas vezes experimentam fadiga adrenal, que é o resultado dos altos níveis de cortisol.

Além disso, a sensação de fadiga pode também ter como causa outro problema hormonal que ocorre quando os níveis do hormônio estimulante da tireoide (TSH) são bastante elevados.

Isso pode ocorrer quando a glândula tireoide não está funcionando corretamente, em uma condição conhecida como hipotiroidismo.

5. desejo por açúcar

Desejo por açúcar também pode ser um sinal de desequilíbrio hormonal, que pode ser provocado pela glândula tiróide.

É consequência da condição de hipotiroidismo, quando a glândula é hipoativa, ou seja, funcionando de forma lenta.

Sobrecarga adrenal também pode provocar a vontade de consumir doces.

Esta reação é parte do mecanismo conhecido como "lutar ou fugir", através do qual o corpo aumenta a produção de adrenalina e cortisol.

6. Mau humor

Em casos de sentimentos de mau humor, tais como irritabilidade, ansiedade e depressão, a glândula tireoide pode ser a causa mais uma vez e, de novo, pelo mesmo motivo, com aumento da produção de TSH.

7. Insônia e sono interrompido

As mulheres que atravessam a menopausa muitas vezes sofrem com insônia ou sono interrompido.

Isso é devido à forte atividade hormonal.

A falta de sono pode afetar até dez hormônios, repercutindo no apetite, na fertilidade, na saúde cardíaca e na saúde mental.

O hormônio estrogênio é o que mantém padrões regulares de sono.

Sua deficiência, que é um sintoma de menopausa, é a principal causa da insônia nas mulheres.

Nos homens, a deficiência de testosterona muitas vezes leva à perda de sono.

8. Baixa libido

Desequilíbrio hormonal também pode levar a uma queda na libido.

A falta do hormônio androgênio pode ser a origem de uma fraca libido, mesmo em mulheres.

Este hormônio é produzido nos homens pelos testículos e, nas mulheres, pelos ovários.

9. Problemas de digestão

O desequilíbrio de três hormônios do sistema gastrointestinal pode levar a problemas digestivos.

São os hormônios conhecidos como gastrina, secretina e colecistoquinina.

Eles ajudam a estimular o processo digestivo e a transformar os alimentos em moléculas simples, para que sejam facilmente absorvidos pela corrente sanguínea.

Esses são os nove sinais de que seu corpo pode estar em desequilíbrio hormonal.

Como dissemos acima, se você tiver um ou vários deles, é bom consultar seu médico para um diagnóstico mais exato.

E será que existe alguma receita caseira para equilibrar os hormônios?

Existe sim!

É um suco com inhame e açafrão-da-terra, dois poderosos reguladores hormonais naturais.

Além de aipo, também considerado um fito-hormônio, ou seja, uma fonte vegetal de hormônios.

Anote a receita:

INGREDIENTES

1 inhame pequeno (cru) ou metade de um médio 

5 centímetros de raiz de açafrão-da-terra/cúrcuma ou 1 colher (chá) dessa raiz em pó

O suco de 1 limão

1 pepino médio

4 talos de aipo

3 cenouras grandes

Meio copo de água

MODO DE PREPARO

Coloque todos os ingredientes no liquidificador, bata bem, coe e beba na hora.

Pode beber este suco diariamente

Se o inhame causar coceira, não o use na receita.

A coceira é causada pelo ácido oxálico, e há inhames com muito ou pouco desse ácido.

Por isso não desista de usar inhame no seu suco.

Na próxima vez, quando você comprar outro inhame na feira, pode ser que ele não tenha tanto ácido oxálico e, dessa forma, não causará nenhuma irritação na pele.  - 

Nenhum comentário:

Postar um comentário