Seja bem-vindo! PRESTIGIE NOSSOS ANUNCIANTES. CONHEÇA OS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS!

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Arnica é um santo remédio e eficaz para o tratamento de algumas lesões e doenças.

Clínica de Massoterapia em São José-Centro (SC) 


                                                                                      


             



Arnica: Propriedades, Benefícios e Como Preparar


                                                                                         

Da mesma família do girassol, a arnica é uma planta que tem efeito analgésico e anti-inflamatório, contribui para alivio de dores, inchaço e redução de hematomas. A comprovação dos benefícios da arnica veio segundo pesquisa realizada pela Universidade Federal do Paraná. As substâncias responsáveis por tantos bens são a inolina e a quercitina.

Certamente os mais antigos já ouviram dizer que a arnica é um santo remédio. A planta medicinal é usada há centenas de anos e realmente é muito eficaz para o tratamento de algumas lesões e doenças.

A arnica tem substâncias anti-inflamatórias, portanto, é indicada para auxiliar na cicatrização de feridas, combater hemorragias de ferimentos superficiais, lesões musculares, rompimento de ligamentos, distensões musculares, contusões e até reumatismo.

arnica é rica em propriedades medicinais, devido à presença de lactonas sesquiterpênicas, flavonoides e óleos essenciais. Esta planta possui propriedades desinfetante, tônica, analgésica, antisséptica, estimulante, cicatrizante e antimicrobiana.
A planta ainda pode ser usada para clarear manchas roxas, como edemas e hematomas, para repelir insetos e amenizar coceiras causadas por eles, tratar verminoses, irritações de pele, cicatrizar furúnculos e até como desinfetante de ambientes. Além disso, tratamentos para oleosidade e queda de cabelo também usam a arnica.



Clínica de Massagem Terapêutica em São José SC
                                                       
Como preparar a arnica

Indicações de uso:

A arnica pode ser utilizada tanto no uso externo como no interno. No uso externo, a arnica auxilia na cicatrização de feridas, lesões desportivas, roturas de ligamentos, hematomas, contusões, golpes e fibromialgia. A planta é comumente utilizada entre os esportistas por ser útil no clareamento de hematomas, para desfazer edemas, combater roturas de ligamentos, traumatismos e diversas contusões musculares.

No uso interno, auxilia no tratamento de casos de vermes, flatulência e inchaço. O uso interno da arnica só deve ser feito através da tintura de arnica ou de remédios homeopáticos com arnica, sob orientação do médico homeopata, pois ela pode ser tóxica. Nunca utilize a arnica internamente sem consultar um médico!

Chá de arnica para compressa
O chá de arnica é utilizado como compressa para contusões, reumatismo, dores de cabeça e para aliviar inchaços, além de ser benéfico  para problemas de circulação. Também pode ser usado para fazer gargarejos para dor de garganta ou garganta inflamada.

Receita do chá:
Coloque uma colher (chá) da erva para cada 250 ml de água. Aplique o chá morno com a ajuda de um tecido sobre a região a ser tratada. Use de três a quatro vezes ao dia.

Extrato de arnica:
Em uma garrafa de álcool, acrescente folhas de arnica e deixe em repouso por dez dias. Depois de pronta, use em picadas de insetos, contusões e lesões musculares em geral.

Pomada de arnica:
As pomadas podem ser encontradas em farmácias de produtos fitoterápicos ou naturais. É recomendada para fazer massagens em regiões lesionadas.

Gel de arnica:
Os géis também podem ser encontrados em farmácias de produtos naturais ou fitoterápicos e, diferente da pomada, deixam a região com uma sensação refrescante. Recomenda-se massagear a área afetada já que tem também ação analgésica.

Efeitos colaterais e contraindicações

Para o uso interno da arnica deve-se sempre respeitar as orientações de um homeopata, pois, em caso de superdosagem, podem ocorrer tonturas, tremores, dores abdominais, aumento da pressão arterial, vômitos, taquicardia ou arritmias cardíacas. O uso da arnica é contraindicado para grávidas e nos casos de feridas expostas (sem pele).(Notícias naturais)

Nenhum comentário:

Postar um comentário