Junho 2015 - Vico Massagista e Quiropraxia - São José SC - Massagem Terapêutica, Massoterapia, Shiatsu, Ventosa

COLABORE COM O SITE, CLICANDO NOS ANÚNCIOS. OBRIGADO

COLABORE COM O SITE, CLICANDO NOS ANÚNCIOS. OBRIGADO

COLABORE COM O SITE, CLICANDO NOS ANÚNCIOS. OBRIGADO

terça-feira, 30 de junho de 2015

Hérnia de Disco – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

O que é Hérnia de Disco

hérnia de disco é uma lesão que ocorre com mais frequência na região lombar. Essa doença é a que mais provoca dores nas costas e alterações de sensibilidade para coxa, perna e pé. Aproximadamente 80% das pessoas vão experimentar a dor lombar em algum momento de suas vidas. A localização mais comum da hérnia de disco lombar é no disco que fica entre a quarta e quinta vértebra lombar(L4/L5) e no disco que fica entre a quinta vértebra e o sacro(L5/S1).
hernia-de-disco-causas-sintomas Na maioria dos casos, os sintomas melhoram naturalmente com três meses, mas podem ser auxiliados com tratamentos clínicos e fisioterapêuticos. Mesmo o paciente sentindo bem sem tratamento, é importante que ele faça um programa de tratamento voltado para a funcionalidade normal da coluna e para o seu fortalecimento. As pesquisas são categóricas:após os primeiros sintomas de dores nas costas, os músculos que protegem a coluna vertebral começam a ficar fracos e atrofiados.
A população precisa saber que essa doença não tem cura.As pessoas melhoram da dor, voltam a ter uma vida normal na maioria das vezes, mas é bom deixar claro que o repouso e os medicamentos não devolvem a funcionalidade e nem fortalecem os músculos que ficaram fracos com a doença. Acreditamos que esse seja um dos principais motivos de tantas dores recorrentes na coluna vertebral. Ou seja, assim, se você teve um episódio de dor severa na coluna e esses sintomas permaneceram por mais de três meses, provavelmente outros virão. Essa regra vale para 100% dos casos. Portanto, o segredo é fazer uma atividade física em locais adequados e com profissionais especializados.
A palavra hérnia significa projeção ou saída por meio de uma fissura ou orifício de uma estrutura contida. O disco intervertebral é uma estrutura fibrosa e cartilaginosa que contém um líquido gelatinoso no seu centro, chamado núcleo pulposo. O disco fica entre uma vértebra e outra da coluna vertebral. Esse anel fibroso, quando fissura ou está desgastado, permite que esse líquido gelatinoso que está mantido no seu centro realize uma expansão ou abaulamento da sua estrutura, e também pode se extravasar.

Causas da Hérnia de Disco

Não é à toa que muitas lesões da coluna vertebral são atribuídas ao desequilíbrio e ao desalinhamento desta estrutura. Ou seja, a má postura é, sem dúvida, a grande vilã das mazelas existentes na coluna.
Veja abaixo outros fatores:
  • Fatores hereditários;
  • Traumas diretos ou de repetição;
  • Fumo;
  • A idade avançada também é motivos de lesões degenerativas;
  • O sedentarismo é um fator determinante para dores nas costas;
  • Posição de ficar muito tempo sentado ou em pé no trabalho;
  • Ação de lnclinar e girar o tronco frequentemente;
  • Ação de levantar, empurrar e puxar objetos;
  • Movimentos repetitivos em casa ou no trabalho;
  • Prática esportiva;
  • Trabalho que provoca vibrações no corpo;
  • Trabalhar dirigindo;
  • Fletir o tronco com frequência para apanhar objetos;
  • Fatores psicológicos e psicossociais.

hernia-de-disco
Hérnia de Disco - Clínica de Massagem Terapêutica em São José - Centro, SC - Massoterapia


Sintomas da Hérnia de Disco

  • Dores localizadas nas regiões onde existe a lesão do disco intervertebral;
  • Essas dores podem ser irradiadas para outras partes do corpo;
  • Quando a hérnia é na coluna cervical, as dores ou alterações de sensibilidade se irradiam para as regiões superiores dos ombros, para os braços, as mãos e os dedos;
  • Se a hérnia de disco é lombar, as dores se irradiam para as pernas e os pés.
  • Formigamento;
  • Dormência e ardência,
  • As pessoas relatam que é uma dor “chata” e que não existe posição que melhore;
  • Alguns relatam que pioram quando vão dormir.

Acompanhe vídeo sobre o tratamento da Hérnia de Disco







                                           
Hérnia de Disco - Clínica de Massagem Terapêutica em São José - Centro, SC - Massoterapia

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Dor que desce até o pé pode ser inflamação do nervo ciático

O quadro, muitas vezes, é desencadeado por uma hérnia de disco e o tratamento para a inflamação é o chamado conservador, o corpo resolve o problema por si só


O nervo ciático é o maior do corpo humano. Responsável pelos sentidos e pelos movimentos das pernas, começa na região lombar, é composto por raízes nervosas que saem da coluna vertebral, juntam-se e passam pela pelve, pela coxa, pela panturrilha, até terminar no tornozelo, ainda que suas ramificações cheguem até a sola dos pés. Pelo tamanho do nervo, é possível ter uma ideia da dor que ele pode desencadear.

Nervo ciático - Clínica de Massagem Terapêutica em São José, SC - Massoterapia
                             

O principal problema relacionado ao nervo ciático é a sua inflamação. Ela pode acontecer por uma diversidade de fatores pouco relacionados aos membros inferiores. “A causa mais comum de dor relacionada ao ciático é uma inflamação secundária decorrente de uma compressão em qualquer nível de seu trajeto. Na maioria das vezes, essa compressão é resultado de uma hérnia de disco na região lombar”, diz o reumatologista Cleandro Pires. Mas a hérnia não é a única razão — outros responsáveis podem ser tumores, contraturas musculares, bicos de papagaio, quedas ou acidentes ou causas mais raras, como doenças autoimunes, que acabam agredindo o próprio nervo.

Clique na imagem para ampliá-la e saiba mais. (Valgo Virgo e Thiago Fagundes/CB/D.A Press)
Nervo Ciático - Clínica de Massagem Terapêutica em São José, SC - Massoterapia

Quando o disco sai do lugar, ocorre uma inflamação acompanhada de inchaço, que, por sua vez, comprime as raízes nervosas que compõem o ciático. O sintoma principal é a dor. O diagnóstico de problema no ciático não é difícil, uma vez que a dor passa no trajeto do nervo, e a maioria dos casos decorre da hérnia de disco, mas o complicado é definir o que está causando a compressão se a hérnia for descartada. “É feito um exame clínico e, para confirmar, uma radiografia da coluna. Se for insuficiente, uma ressonância magnética mostrará a origem da inflamação”, explica o ortopedista João Vicente Teodoro.

O tratamento para a inflamação é o chamado conservador — o corpo resolve o problema por si só. “Se a inflamação não estiver aliada a uma infecção, o organismo se encarrega de saná-la”, diz Cleandro. O que os médicos podem fazer durante a fase aguda é administrar anti-inflamatórios e analgésicos para ajudar a lidar com a dor, que, em alguns casos, pode obrigar o paciente a deixar as atividades diárias. “Fisioterapia e RPG ajudam na recuperação, uma vez que melhoram a postura e alongam os músculos. Acupuntura também pode contribuir”, afirma João Vicente. O repouso auxilia a melhora, já que alivia a pressão intradiscal, mas, em geral, não é recomendado por mais que cinco ou seis dias. Tempo demais no leito pode causar problemas adicionais músculo-esqueléticos.

                                           
Nervo ciático - Clínica de Massagem Terapêutica em São José, SC - Massoterapia

domingo, 7 de junho de 2015

Reflexologia Podal

Mais do que o relaxamento, a reflexologia podal, ou reflexoterapia como também é conhecida, é uma terapia que pode trazer grandes benefícios para a saúde



                                              
ESPAÇO
A Reflexologia consiste no estudo dos efeitos reflexos no organismo. Ela considera que certas regiões do corpo denominadas de plexos nervosos são interligadas a órgãos e também a outras partes do corpo. E quando estes plexos nervosos são estimulados podem restabelecer o bom funcionamento de sua área de interligação correspondente. Esta estimulação também pode ser obtida através manipulação nos pés para fins terapêuticos.
 ESPAÇO

O QUE É REFLEXOLOGIA PODAL

ESPAÇO
Reflexologia PodalConhecida também como Reflexoterapia, a Reflexologia Podal é uma terapia complementar que se utiliza da manipulação dos pés, através de estimulação em pontos precisos (pontos reflexos) encontrados em zonas específicas dos pés para tratamento de distúrbios orgânicos e desequilíbrios emocionais.
Esta terapia parte do principio que todo nosso corpo está representado na zona dos pés.
Ponto reflexo nada mais é que concentrações de terminações nervosas. E quando estas terminações são estimuladas através de uma pressão local, o cérebro envia mensagens para as glândulas correspondentes, elas por sua vez, entendem que precisam liberar hormônios benéficos para auxiliar a reparação ou prevenção de determinados órgãos do corpo e a área do corpo correspondente ao ponto pode ser beneficiada por tal estimulo. Com esta técnica é possível ativar os processos curativos do próprio corpo.
A Reflexologia pode ser utilizada integrando os princípios da Medicina tradicional Chinesa.
Esse processo pode aliviar dores, promover relaxamento e curar doenças.
 ESPAÇO

HISTÓRICO

ESPAÇO
Reflexologia PodalNão há um consenso sobre a origem da Reflexologia. Acredita – se que teve origem na China há 5.000 anos, porém, os mais antigos registros provêm do Egito, em pictogramas dos túmulos e murais.
E ainda, há relatos do uso da Reflexologia na Índia e na Pérsia; e em meados do século XV, uma forma de Reflexologia também era praticada na Europa e pelos índios Cherokees na América do Norte.
Segundo a cultura Oriental, os pés são utilizados para receber a massagem, devido à passagem neles dos principais meridianos responsáveis por conter a energia vital e fazer circular o Qi. Além disso, os reflexos nos pés são estimulados naturalmente quando permanecemos em pé ou caminhamos, promovendo equilíbrio energético e fisiológico.
No Ocidente, as primeiras teorias envolvendo zonas reflexas foram desenvolvidas por Dr. Willian Fitzgerald e em 1917, publicou seu livro chamado “Terapia de Zonas”, determinando a posição de órgãos e áreas do corpo nos pés. Seus estudos possibilitaram a outra importante figura na história da Reflexologia, Dr. Joseph S. Riley, desenvolver diagramas detalhados sobre pontos reflexos localizados nos pés.
Entretanto a maior contribuição veio da assistente do Dr. Joseph S. Riley, a fisioterapeuta americana Eunice Inghan. Ela foi responsável por separar os trabalhos sobre áreas reflexas, mapeando os pés como um mapa de todo o corpo. Ela passou a orientar seus trabalhos terapêuticos de acordo com este mapa. Por muito tempo ela complementou todo o conhecimento existente com sua própria experiência. Com isto foi possível aperfeiçoar a teoria dos reflexos dos pés. Este trabalho rendeu dois livros: “Histórias que os pés podem contar” e “Histórias que os pés contaram”.
 ESPAÇO

 OBJETIVOS

ESPAÇO
Reflexologia Podal EmocionalA Reflexologia dos Pés tem como principal objetivo atuar na prevenção e no auxílio ao tratamento de disfunções do corpo, através da pressão nas zonas reflexas dos pés.
O objetivo da REFLEXOLOGIA é obter uma resposta saudável dos órgãos, estruturas e sistemas, através da adequada estimulação aplicada aos seus correspondentes micro reflexos, estabelecendo, assim, o equilíbrio energético natural e o funcionamento harmonioso de todo o corpo.
Numa sessão de REFLEXOLOGIA, o primeiro passo é a preparação do organismo para receber o tratamento, o que acontece por meio de técnicas de relaxamento.
Em seguida, através de pressões e massagens realizadas com as mãos, estimulam-se os diferentes sistemas: urinário, linfático, reprodutor, digestivo, imunológico, circulatório, endócrino, respiratório, muscular, esquelético e nervoso.
A sessão termina novamente com técnicas de relaxamento. Desta forma é desbloqueada a energia, descongestionando tecidos e nervos, ajudando a eliminar toxinas e favorecendo a inata capacidade curativa do corpo.
A REFLEXOLOGIA relaxa profundamente, restaura o estado natural de equilíbrio e melhora o estado de saúde, com benefícios duradouros. Também é usada para prevenir a doença, reduzir a dor e melhorar a qualidade de vida.
Uma outra possibilidade da REFLEXOLOGIA é a de facilitar e melhorar o funcionamento do sistema linfático uma vez que os pés tem inúmeras terminações linfáticas e a REFLEXOLOGIA age como uma verdadeira “bomba” linfática.
Nos pés também encontram-se muitíssimas terminações nervosas e é por isso que o seu efeito é altamente relaxante e calmante.
É utilizada também para melhorar a circulação sanguínea e dissolver os cristais de cálcio e ácido úrico depositados nos pés.
 ESPAÇO

 INDICAÇÕES

ESPAÇO
A Reflexologia pode ser utilizada como terapia complementar e auxiliar no tratamento das mais diversas doenças e ainda, é uma técnica eficaz para aliviar as dores e tensões do dia a dia. É comumente utilizada nos seguintes casos:
Reflexologia Podal
    • Dores:
      • Torcicolo
      • Dores na coluna
      • Ciatalgia (dor no nervo ciático)
      • Dor de garganta
      • Dor de cabeça e enxaqueca
      • Dor muscular
      • Dor no estômago
    • Doenças Inflamatórias:
      • Cistite
      • Amigdalite
      • Sinusite
      • Rinite
Reflexologia Podal
  • Disfunções ginecológicas e urogenitais:
    • Síndrome do ovário policístico
    • Cólicas menstruais
    • Tensão pré-menstrual
    • Impotência Sexual
    • Menopausa
  • Doenças Gastrointestinais:
    • Gastrite
    • Azia
    • Má digestão
    • Hemorroida
    • Constipação Intestinal (intestino preso e preguiçoso)
    • Hérnia de hiato
  • Outros:
    • Depressão
    • Ansiedade
    • Vertigem ou tontura
    • Zumbido no ouvido
    • Insônia
    • Asma
    • Gordura no fígado
    • Pedra na vesícula
    • Doença de Crohn
    • Gota
 ESPAÇO

 CONTRAINDICAÇÕES E CUIDADOS

Reflexologia Podal
  • Inflamações agudas
  • Infecções e feridas nos pés
  • Gravidez (até o 3º mês de gestação)
  • Trombose
  • Tromboflebite
  • Diabetes descompensada
Através da Reflexologia podal, o terapeuta ativa a própria capacidade que o corpo tem de se curar e promover o bem estar.
A terapia deve ser aplicada por um profissional competente para que se alcance o resultado desejado, portanto certifique-se da capacitação do seu terapeuta, assim você poderá usufruir dos benefícios que a Reflexologia Podal pode lhe proporcionar com segurança.
ESPAÇO

A REFLEXOGIA E O ESTRESSE

ESPAÇO
Reflexologia PodalO estresse é causador de muitas doenças graves, este sintoma é capaz de afetar a pressão arterial, causar problemas graves ao coração, provocar desarranjos intestinais, dores, problemas no estômago, enxaqueca e muitos outros. Assim, quando tratamos o estresse, reduzimos as chances de ficarmos muito doentes de forma preventiva.
Alguns terapeutas oferecem o tratamento da Reflexologia Podal aliado ao escalda pés com óleos essenciais e elementos naturais como, sal, pedras arredondadas, ervas e flores. Esses escaldas pés são extremamente revigorantes, aliviam as dores, desincham e promovem uma confortável sensação de bem estar e relaxamento.
ESPAÇO
ESPAÇO
ESPAÇO
ESPAÇO
Fonte: