Seja bem-vindo! PRESTIGIE NOSSOS ANUNCIANTES. CONHEÇA OS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS!

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

As diferenças que você deve entender entre alergia ao leite e a intolerância à lactose



alergia a proteina do leite de vaca, intolerância á lactose

São duas alergias distintas, mas que muita gente não consegue entender a diferença: A pessoa alérgica tem problemas com a proteína do leite e pessoa a intolerante tem problema com o açúcar do leite.



Você sempre gostou de leite, queijo e, de repente, não consegue mais comer porque dá um mal estar, uma dor na barriga. Isso pode ser intolerância à lactose! Ou alergia ao leite. Aqui você vai entender a  diferença entre os dois e além de dicas para quem não consegue parar de ingerir produtos com lactose.

E afinal, o que é intolerância e o que é alergia? A pessoa alérgica tem problemas com a proteína do leite. Não pode comer, encostar e, às vezes, nem sentir o cheiro do leite. Já a intolerante tem problema com o açúcar do leite, portanto pode comer alimentos lácteos desde que seja livre de lactose, ou com a ingestão da lactase, enzima que ajuda a digerir a lactose. Quando a intolerância é leve, a pessoa pode até comer um pedaço de queijo, de um chocolate pequeno, com pouca lactose. Nos alérgicos, essa conta de pouco ou muito não funciona.
As diferenças que você deve entender entre alergia ao leite e a intolerância à lactose

A alergia às proteínas envolve princípios completamente diferentes da intolerância à lactose. Não existe alergia à lactose, pois, sendo um açúcar, a lactose não apresenta alergenicidade. Diversas proteínas podem causar alergia, incluindo as do leite, do ovo, do trigo e do amendoim, dentre outras. Entretanto as proteínas do leite e as do ovo são as que causam maiores problemas às crianças de pouca idade.

A alergia verdadeira é uma reação envolvendo o sistema imunológico do corpo, com formação de anticorpos nas células brancas do sangue. O sistema imunológico combate os invasores estranhos ao corpo usando os anticorpos. Quando esses invasores são bactérias e vírus perigosos, a resposta imunológica é necessária e desejável. No caso da alergia às proteínas do leite, por outro lado, a resposta imunológica seria desnecessária, além de causar diversos problemas.
Muita gente que não tem intolerância ou alergia está tirando a lactose do cardápio para emagrecer. Entretanto, isso pode trazer problemas porque precisamos desse açúcar para absorver o cálcio importante para os ossos. É melhor tomar um leite desnatado, que tem menos gordura, do que um sem lactose.
Os sintomas da intolerância e da alergia também são diferentes. O alérgico tem inchaço que pode ocorrer nos lábios, pálpebras, língua, pulmão e glote; sintomas respiratórios como espirro e falta de ar; sintomas gastrointestinais como distensão abdominal, gases, diarreia; placas avermelhadas pelo corpo, coceira e choque anafilático. Já no intolerante, os sintomas normalmente se restringem ao trato gastrointestinal: dores abdominais, gases e diarreia.
As diferenças que você deve entender entre alergia ao leite e a intolerância à lactose





Vico Massagista em São José SC  -  (48) 3094-5746  -  Massagem Massoterapia Quiropraxia Acupuntura


                                                                                                     


Nenhum comentário:

Postar um comentário